Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ÁRVORE, CRIANÇA, VIDA

Nasce, cresce multiplica.
Semente, carinho, germinar...

Útero, trompas, terra, ar...
semente fortalecida,
sopro de vida.

Brota um raminho frági
criança
árvore que cresce
O desenvolver de ambas envoltas em cuidados
o desenrolar da vida,o primeiro ponta-pé
o primeiro galho

folhas, cabelos, bailam ao vento
sombra, choro, riso, burburinho
galhos, ninho, passarinho...

Passa-se o tempo, ambas florecem
árvore, criança,verão, outono
inverno, primavera, caminhos incertos...
Um lugar ao sol ambas procuram
rumos variados a vida oferece

Machado, drogas
instrumentos de poda
um a árvore perece
sonhos o outro desvanece

amparadas pelo zelo de quem as criou
guiadas pela luz do criados
não há instrumento de poda, não há tristeza,
felicidade ilusória
Não há sol que murche folha pura
não há caminhos tortos a desviar a criatura.

Há apenas alforria,
algazarra,passarada,
alegria emaranhada

Nasce, cresce, frutifica...
Árvore, criança, vida!

Fixa à terra, livre ao vento.
Solta pelo chão, presa no tempo.


POEMA CLASSIFICADO EM PRIMEIRO LUGAR NO PRIMEIRO CONCURSO DE PROSA E POESIA DA AFFEGO
Fatima Paraguassú
Enviado por Fatima Paraguassú em 14/03/2006
Reeditado em 12/11/2006
Código do texto: T123294
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fatima Paraguassú
Goiânia - Goiás - Brasil
82 textos (5963 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 06:56)
Fatima Paraguassú