Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VIAGEM DE POETA!


Hoje estou sem inspiração,
É como que se o poeta que em mim, habita,
Tivesse viajado, às vezes ele faz isso.

Talvez esteja mesmo precisando descansar,
Ver pessoas, coisas diferentes, sair um pouco da poesia.
Mas, para um poeta o descanso seria mesmo isso?
Poetas estão sempre em mundos distantes... Viajando,
Nos sentimentos de amor, nas dores de despedidas constantes.

Poetas pra descansar mesmo, talvez tenham que,
Viver a vida do homem ou da mulher que ele habita,
Sentir o peso das responsabilidades, o cuidar dos filhos,
O trabalho, e até sentir um pouco, do estresse nosso de cada dia.

Tomara que o poeta meu, que viajou...
Perceba isso e volte correndo, entenda que,
O melhor lugar para descansar, nesse momento,
Seria justamente viver um pouco,
Da vida do homem, que ele escolheu para compor,
E onde instalou, seu atelier poético!


Poetas são geralmente cheios de percepções,
Sentimentos aguçados, um tanto moleques às vezes, eu diria...
Logo, estará de volta, descansa comigo por uns dois, três dias,
E cai novamente, na eterna folia de suas poesias!



paulo cesar coelho
Enviado por paulo cesar coelho em 15/03/2006
Reeditado em 15/03/2006
Código do texto: T123548

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
paulo cesar coelho
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
2589 textos (470622 leituras)
57 áudios (6064 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 06:01)
paulo cesar coelho

Site do Escritor