Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dissoluta

A janela aberta
o beijo úmido do vento
o nácar da lua
afagam a nuvem rosa.

Me espreguiço nua
no tapete da sala
e me dou um carinho
desmesurado e devasso.


Adulando pêlos
eriçando o íntimo
o desejo insiste
em riste,
alço véus
alcanço céus,
mistérios e
sonhos...
Alessandra Espínola
Enviado por Alessandra Espínola em 15/03/2006
Código do texto: T123744
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Alessandra Espínola
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
288 textos (26476 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 20:51)