Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Porque?

Como explicar chamas que se acendem
Caminham kilometros
Chamas brilhantes que penetram
Tão fundo. Iluminam e fazem desaparecer
Até o fundo do poço,a orla barrenta
Acendem desertos, apontam sendas
 
Porque as chamas que iluminam
Noites inteiras
São tão passageiras?
Porque o limiar desaparece antes
Que se possa alcançar?
 
Porque as mãos estão sempre vazias
Quando os os olhos são rios imensos?
Porque os silêncios são tão profundos
Quando existem outros mundos?
 
Porque tentar entender
O que não tem explicação
Porque encontrar consolo
No que não mais importa
Se depois que se atravessa a porta
Só resta uma grande escuridão
 
Porque estampar olhares nos vales?
Porque tantos chorares
Se o rio não faz caminho inverso
Se tudo corre no verso
Então porque essa adaga fincada
Insiste em permanecer
Cravada como estaca?
 
A tristeza é uma cama úmida e fria
Que congela a alma
Penetra até os ossos
Drena a razão, rouba a calma
E mata de agonia...
                                                   
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 21/04/2005
Código do texto: T12385

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 62 anos
1054 textos (55627 leituras)
25 áudios (3274 audições)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:35)
Angélica Teresa Almstadter