Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ENSAIO

Nem vadia, nem casta:
Fêmea.
Namoro com a morte
De uns parcos princípios
No começo do fim
Do dia que veio antes
Do que não desacontece.
 
Nem riso, nem siso
Nem cio, nem reza
No fio dessa navalha
Alta-tensão bifacetada
Eu só queria te dar
Um guarda-chuva de sonhos
Pr’os dias equilibristas
Que tiquetaqueiam chuvas.
 
Hora cheia no meu relógio
E a maré dos teus ponteiros
Lambendo a linha do tempo
Entre o sim e o não (e o vão dos meus medos)
No revez da razão
Através
         
         - entrevejo.

Dalila Langoni
Enviado por Dalila Langoni em 16/03/2006
Código do texto: T124210
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dalila Langoni
Estados Unidos
102 textos (6277 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:24)
Dalila Langoni