Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ANJO

Menino, pássaro que voa de modo repentino, cheio de esperança, vai além do infinito, ao crescer precisa de escola e emprego digno, lá longe se junta ao bando, para na felicidade viver.

No infinito, bem além do infinito amor deveras há de haver, menino, pássaro feliz, contente, longe da gente não deverá sofrer, deverá, sim, na misteriosa magia permanecer.

Mas este mundo de gente grande terá de abraçar, não haverá meio para dele fugir, que bom seria se a vida inteira pudesse sorrir, cantar, amar sem nada precisar pedir, de paz pudesse viver e amor a todos pudesse dar.

Como “na natureza nada se perde, nada se cria, tudo se transforma” num cidadão de bem há de se transformar, lutar contra esse mundo perverso sem armas empunhar, dizer bom dia papai, bom dia mamãe ao amanhecer ou boa noite na hora de se deitar.

Depois desse amor convergir, uma estrela sobre nós cair, tudo se tornará sereno, não haverá mais trevas nem homens pequenos, todos seremos pássaros como  canário do reino, voaremos rumo aos céus e então em paz viveremos.



R J Cardoso
Enviado por R J Cardoso em 17/03/2006
Reeditado em 20/03/2006
Código do texto: T124327
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
R J Cardoso
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
3128 textos (79563 leituras)
2 e-livros (393 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 22:56)
R J Cardoso