Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Silêncio

O Silêncio.
De Iolanda Brazão

O silêncio é um bem necessário
Para meditar
Para  refletir
Dormir
Julgar
Analisar
Colocar as idéias no lugar
Então nestes casos...
Que delícia, ficar no silêncio
Não ser por ninguém importunado
Nem solicitado
Para coisa alguma
Nestes momentos
Melhor ficar em um canto sentado
Ou até mesmo deitado
Em busca do equilíbrio
De clareza de idéias
Hum... É tão bom...
Espreguiçar
Bocejar
Alongar
Deixar o tempo no silêncio passar.
Um dado momento
Pronto! tudo muda de figura...
Não almejo mais o silêncio
Espero ansiosa por tua resposta
A ansiedade cresce
Na medida que o silêncio perdura
Tudo que eu queria agora era:
Ouvir o telefone tocar
A campainha disparar
O som do MSN chegar
Avisando que você acabou de entrar
Mas nada...
Que absurdo
E ainda há pouco
Eu  só queria ouvir o silêncio
Mas agora tudo mudou
Alias, na vida tudo muda
O que foi verdade ontem
Poderá hoje ser um grande engano
Tem coisa que pira
E se este silêncio
Teimar em calar
Desta vez sou eu que vou pirar.
Iolanda Brazão
Enviado por Iolanda Brazão em 18/03/2006
Código do texto: T124766

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ex: cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Iolanda Brazão
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
343 textos (32019 leituras)
3 áudios (627 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 18:42)
Iolanda Brazão