Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O TEMPO PASSA

       
"Ao meu amigo Amaro Dornelas"

E eu que pensava que o tempo não passava
E sonhava como seria no porvir
Hoje ao ver a minha vida no espelho
Eu relembro o meu passado, começo a rir

Casarei? Terei filhos? Como será?
Trabalharei ou serei só um vagabundo?
Haverá paz? Haverá guerra? Assim pensava
No futuro, como será este meu mundo?

Alguns colegas já se foram outros chegaram
Algumas luzes se apagaram outras surgiram
Alguns amigos em plena luz se revelaram
Alguns falaram a verdade outros mentiram

Poucos amigos nesta estrada tão deserta
Muitas aves de rapina passam voando
Poucas palavras de proveito alardeadas
Muitas histórias de dor venho escutando

Muitos soberbos na derrota sendo humildes
Mas na vitória vi a soberba aparecer
Vi os humildes na derrota exaltados
E na vitória a humildade enaltecer

Segue o mundo com suas curvas tortuosas
Surpreendendo a quem por elas nunca andou
Muitos conhecem cada curva da estrada
Mas caem nelas como quem nunca passou

E eu que pensava que o tempo não passava
Passei por ele e já vou longe caminhando
Mas sei que nele ainda resta muita estrada
E muitas curvas no caminho me esperando.

(Espanha, Março de 2000)

djalma marques
Enviado por djalma marques em 19/03/2006
Código do texto: T125240
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
djalma marques
Recife - Pernambuco - Brasil
67 textos (7455 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:33)
djalma marques