Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LUZES & CONCRETO


LUZES & CONCRETO
®Lílian Maial


Não há luas ou estrelas no céu encoberto de cinza,
só uns olhos furta-cor, camaleônicos olhos,
néon de calma e promessa,
de fogo abafado, brasa à espera do vento.

Não há pessoas ou vozes, só a fumaça do cigarro,
a chama, e esses olhos de chuva de mel-esmeralda
de rima tímida no canto do papel,
enquanto o mundo nos aguarda.

Não há tempo ou lugar,
e o gelo estala no copo,
avisando o momento da flecha,
o beijo que não vem.

E do alto, bem lá em cima, o desejo
de abrir as asas e me atirar
nos braços de ninho e proteção,
beber da boca, aninhar no peito, abandonar no abraço.

Do meio do concreto, luzes e beleza.
Da impossível rocha, a flor.
Então posso fazer, poeta, brotar estrelas do concreto,
nascer o dia em nós.

Não há luas, nem estrelas,
lá do alto, só teus olhos
me vêem...


********

Lílian Maial
Enviado por Lílian Maial em 19/03/2006
Código do texto: T125309

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.lilianmaial.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Áudio
LUZES & CONCRETO - Lílian Maial
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Lílian Maial
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1158 textos (248706 leituras)
21 áudios (13707 audições)
3 e-livros (1280 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 18:08)
Lílian Maial

Site do Escritor