Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Enigma


 elisasantos
 
Subi uma escada espiralada, subi... subi...
Procurando uma palavra que vencesse as barreiras
Entre o que falo e o que senti, no caminho

Combati mitos, ouvi os colibris, do ar tentei algo ouvir
Conjuguei o verbo, consultei cabalas, luz nas sombras inseri
Abri portas e percorri labirintos de mim
 
O enigma insuperável se fincava de verdade
A solidão, dama austera fazia-me companhia, nas noites
Implacável sorria para mim
 
A angústia me domina no espelho... as duas
A que diz e a que pensa... nenhuma sorri
Soturnas impõem barreiras, lanço mão da poesia
 
Obra aberta...paciente que nos seus braços me embala, sim.
 
elisasantos
Enviado por elisasantos em 19/03/2006
Código do texto: T125522
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
elisasantos
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
430 textos (24473 leituras)
1 áudios (91 audições)
4 e-livros (163 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:33)
elisasantos