Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ALGUNS SONHOS


Não me forço a sonhar o impossível,
Apesar de sonho quero viver algo previsível.
Mas os sonhos são incontroláveis, como a neve,
Despenando abaixo sem rumo e sem destino.
Então eu sonho o impossível e tento viver,
Dentro do possível, um meio termo que me faça chorar.
Enquanto choro eu sei que sou humano, apesar dos sonhos.
Jose Carlos Cavalcante
Enviado por Jose Carlos Cavalcante em 20/03/2006
Reeditado em 27/11/2009
Código do texto: T125819
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jose Carlos Cavalcante
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
732 textos (54094 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 10:30)
Jose Carlos Cavalcante