Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Com licença de Maiakovsky

Da primeira vez
Pegaste na minha mão
Me olhaste nos olhos...
E eu não soube resistir...

Então, entraste na minha casa
Conhecendo mais de mim
Pediste do meu vinho...
E eu servi...

Da segunda vez
Trouxeste flores
Flores que habitaram
Minha casa todos os dias

E eu consenti...

E foste bebendo o vinho
Marcando a taça
Que ficou sendo tua
Cuidando da casa, das flores, de tudo...

E foste cuidando de mim...

Da outra vez
Bebeste do meu vinho
Trouxeste-me as flores
Extasiaste minhas vontades

E eu nada disse... Já não podia...

E entraste em minha alma
Mexendo com meus sentimentos
E, devagarzinho, foste ficando...
Até não mais pedir licença

E eu não soube resistir...

E sabendo do meu medo
Como eu não disse nada
Roubaste meu coração
Arrancaste-me a voz...

Da última vez
Ah! Da última vez
Porque eu nunca disse nada
Já não pude dizer nada...
Eliza Fernandes
Enviado por Eliza Fernandes em 21/03/2006
Reeditado em 01/04/2006
Código do texto: T126098
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Eliza Fernandes
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil
17 textos (1404 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:22)
Eliza Fernandes