Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OLHANDO DA MINHA JANELA...

Hoje um poema escrevi,
Olhando a chuva lá fora,
É poema singelo,
Mas que no papel aflora...

Não sou uma poetiza,
Mas me sinto previlegiada,
Pois até arrisco as vezes,
Escrever algumas palavras...

Gosto do barulho da chuva,
Que continua caindo lá fora,
E com ela toda a magia,
Que a natureza nos mostra agora...

A chuva continua a cair,
De mansinho vai aumentando,
Então logo me lembro,
Que é o inverno que vem chegando...

Lá fora a noite tão fria,
Muito chuvosa e sombria,
Emoldura a imagem do inverno,
E nela todo o seu mistério...

Olhando da minha janela,
A noite deixou de ser bela,
As estrelas e a lua se escondem,
Deixando a noite triste e singela...

Pela vidraça,a noite cinzenta,
A chuva caindo nos telhados,
Inundando,ruas,jardins e praças,
As pessoas em suas casas abrigadas...

As folhas das árvores molhadas,
Brilhando com a luz da rua,
Parecendo  gotas de cristais,
Nesta noite chuvosa e escura...

A chuva continua a cair,
Sempre em harmonia,
Bailando no silêncio da noite,
Transformando-se em melodia...

Na noite fria e sombria,
Os amante a namorar,
Ao som da chuva caindo,
Que nos faz até sonhar...

Olhando da minha janela,
O mundo parece parar,
A noite fica maior,
Com a chuva que não quer cessar...

E a chuva lá fora continua,
Continua a chuva lá fora...
Olhando da minha janela,
É só o que eu vejo agora...




ana menina
Enviado por ana menina em 21/03/2006
Reeditado em 21/03/2006
Código do texto: T126129
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ana menina
Santa Maria - Rio Grande do Sul - Brasil, 49 anos
108 textos (6133 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:52)
ana menina