Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eu, Mulher

Angélica T. Almstadter

Ave que migra
Mulher, amante, amiga
Sou conforto para coração
Assim, inimiga da razão
Sou mulher, intrigante
Ferina, intrépida, mordaz
Só pra ti fascinante
Envolver, sequiosa e voraz
Sou boca, pele e seios
Mulher, inquieta bandida
Desgovernada, sem receios
Amante desmedida
Sou a sedutora desconcertante
Que te deixa receoso
Te busca e afaga delirante
Oferta de amor guloso
Sou do amor prova concreta
Inteira, aberta, disposta
Corpo pedinte, alma indiscreta
Vagando em loucura exposta
Te acho, onde me encaixo
Onde o gozo é seiva de vida
Por onde dos padrões sou capacho
E os despejo aguerrida
Sou o amor suando por todos os poros
Me debatendo numa cama fria
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 23/04/2005
Código do texto: T12628

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 62 anos
1054 textos (55638 leituras)
25 áudios (3274 audições)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 18:13)
Angélica Teresa Almstadter