Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vazio

Angélica T. Almstadter

Você vê o tinteiro vazio?
Enxerga as telas em branco?
Sabe onde se esconderam as palavras?
Pois andam todas no meio fio,
Por causa do verbo franco.
 
As reservas estão abarrotadas,
Mergulhadas em aflição,
E não brincam mais nas ante-salas,
Envergonhadas; vagueiam desbotadas,
Carregadas de solidão.
 
Não me peçam explicações...
Um dia amei a euforia dos ventos,
A simplicidade dos filamentos,
Tecidos na boêmia das paixões.
Foi tanto acúmulo de verdades
De versos transcritos sem paz;
Que morreu cego de saudades
O amor recheado de desejo voraz

Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 23/04/2005
Código do texto: T12629

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 62 anos
1054 textos (55639 leituras)
25 áudios (3274 audições)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 01:55)
Angélica Teresa Almstadter