Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amo-te






Amo-te com um amor que vibra alma.
Que abre o pulmão
Faz me respirar
Vida
Vontade de prosseguir
Lutar e vencer.
Amor que preenche vazio
Que alivia alma
Que enobrece espírito
Que me faz delirar.
Alma de minha alma
Tua voz serena e calma
Que penetra fundo
Nesta presença ausente,
Na saudade dolente
Neste querer imenso.
Tardiamente te reencontro
Em uma paragem distante
Em uma figura que não se vê,
Não se toca.
Mas é um desejo constante.
Meu ser clama e quer você.
Só paz.
Mas você não chega, não vem e nunca virá.
Amo-te tanto neste calado.
Nesta espera
E impossibilidade.
Mas vivo você assim mesmo.
É amor.
Não se conta, sente-se apenas.
É vivo,
Latente
Eterno
impossível não amar
O amor não depende do outro
Ele por si a si basta.


1999
 
ZEL
Enviado por ZEL em 06/01/2005
Código do texto: T1270
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ZEL
Aparecida de Goiânia - Goiás - Brasil, 69 anos
311 textos (33908 leituras)
8 e-livros (802 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/09/16 00:19)
ZEL