Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vem que te espero

Caminho tão só
Relembrando momentos que, contigo, vivi
O vento esparrama
A saudade que é tanta
Do amor que perdi

Se espalha no tempo
O meu desencanto... minha desilusão
Eu fui desatento
E o descuido me trouxe
A separação

No peito me explode
Uma dor tão intensa
Ao lembrar-me de ti
Por mais que eu me esforce
Não há recompensa
... jamais te esqueci

Olha meu bem, vem agora
vamor reconsiderar
Quero sentir o gosto
De acariciar  teu rosto
E de poder te beijar

Quero toda liberdade
Que este mundo oferece
Para quem deseja sonhar
Quero a tua ingenuidade
Para matar a saudade
Que vive a me atormentar
Priscila de Loureiro Coelho
Enviado por Priscila de Loureiro Coelho em 23/04/2005
Código do texto: T12705
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscila de Loureiro Coelho
Jacareí - São Paulo - Brasil, 65 anos
1286 textos (215246 leituras)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 10:07)
Priscila de Loureiro Coelho