Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SORRIR PARA UM AMIGO

Sorrir para um amigo:


Porque choras
Diga-me, por favor.
Seu pranto dói em mim
E me faz sofrer a seu lado
Embora, nada eu tenha a ver.
Pois sei, que não sou a causa.
Desta dor que te atormenta
E te faz sofrer tanto assim
Por isso se eu puder te ajudar
Diga-me o que devo fazer
Para enxugar teu pranto
E ver novamente em seus olhos
Aquele brilho de felicidade
Que sempre foi a sua marca
Por ser alegre e comunicativa
Sem jamais, se sentir triste.
Hoje te encontro assim, abatida.
Com este olhar perdido, no nada.
Seus olhos frios, como dois punhais.
Vão penetrando em minha alma
Fazendo-me chorar também.
Por isso peço, não chores mais.
Enxugue teu pranto, venha comigo.
Me, de sua mão, vamos andar por ai.
Mostrar ao mundo, que ainda estás aqui.
E, que ainda sabes, sorrir para um amigo.


                   Volnei R. Braga

Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 24/03/2006
Código do texto: T127627
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 69 anos
2314 textos (147482 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 08:54)
Volnei Rijo Braga