Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PLATÉIA.

Digeri minha fome
Destrui meu saber
Inconseqüentemente
Acenei aos meus impares
E a eles pedi Paz.

Voltei-me  ao  ego solitário
Reergui meu magestoso templo
Insolentemente
Abrandei meus rancores
E então veio a Paz

Caminho por ora refletindo
Onde ir, se estou tão longe
Absurdamente
Acorrento-me à vida
E então vejo
Muito,  muito longe
A Paz.

   (D`Eu)
Sidnei Levy
Enviado por Sidnei Levy em 24/04/2005
Código do texto: T12766
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sidnei Levy
Campinas - São Paulo - Brasil, 71 anos
298 textos (20822 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 22:26)
Sidnei Levy