Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desventura

Rindo de minha desventura disfarçada
Estou apaixonado!
Lamuriante!
Pela solidão que está sempre ao meu lado

Por vezes parece tão deliciosa
Cerca-me de todos os lados
Apalpe-me de forma intensa
 Deixa-me no limbo das noites

Quando vou deixar de tê-la? Apenas em noites febris?
Amo quem ainda não conheço...
Só a vejo quando me debruço sobre papeis.
Todos de seda branca
Eperdus
Enviado por Eperdus em 24/04/2005
Código do texto: T12787
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eperdus
Curitiba - Paraná - Brasil, 43 anos
39 textos (1277 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 12:38)
Eperdus