Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Último Degrau

 Perante sua imagem lá está ela,
 O som do violino triste do rústico solar
 Percorre indo e vindo pelas nuas paredes,
 Novamente a orquestra da ilusão lhe visita

 Sua face já marcada pelas noites cabuladas,
 Seus olhos tão profundos e solitários,
 Denotam o calvário de sua jornada

 A razão de sua desventura
 Esteve trancafiada por trás do muro das lamentações
 A janela vestida com o suor de muitos anos,
 Cabendo somente a ela enxugá-lo.

 Sei que ela já não mais sorri,
 Não quer acreditar que o cavalo negro já se foi
 Nem ao menos teme a escuridão,
 Quão pouco a navalha que a toca

 Feche os olhos e verá o caminho,
 Ou se embriague com o eco e cairá em devaneio
 Eis o seu último passo...
Lidianery Massari
Enviado por Lidianery Massari em 25/03/2006
Código do texto: T128353

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (autoria própria de Lidianery Massari). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lidianery Massari
Jacutinga - Minas Gerais - Brasil, 30 anos
17 textos (544 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 06:22)
Lidianery Massari