Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FICTÍCIOS


FICTÍCIOS

Os versos de saudade
que deixo escorrer no papel
são ingerências de poeta,
substratos de perfumes
que vestem palavras
e ornam invenções.
   Como poderia ser verdade?
     Como poderia eu sentir saudades
     se ocupas meus pensamentos,
     se estás dentro de mim,
     se és todos os meus momentos
     e eu estou tão repleta de ti?
Sonia R
Enviado por Sonia R em 24/04/2005
Código do texto: T12840
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sonia R
Ribeirão Preto - São Paulo - Brasil
982 textos (107023 leituras)
3 áudios (802 audições)
3 e-livros (478 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:22)
Sonia R