Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VENTOS...

Como uma brisa ele veio
bem mansinho, sorrateiro
com seus ares de bom moço
cobrindo espaços vazios
refrescando o coração.

Tornando-se meu remanso
inspiração de meus versos
chegou dominando o espaço
provocando meus hormônios
cercando-me de esperança
de renascer para o amor.

Libertos ao sabor do vento
vivemos dias felizes
deixando que nos levasse
mesclando o espaço de tempo
em momentos de calmaria
com outros de tempestade.

De repente aconteceu
a atmosfera mudou.
Desafiando o infinito
foi traçando seu destino
mudando seu curso de vida
alterando uma maré.

Numa aragem inconstante
com sua arrogância de homem
conseguiu que o tempo fechasse
fazendo surgir um tufão.

E a devastação começou
despertando cataclismos
me fazendo sentir medo
de seu rompante impulsivo
causando rebojos bem fortes
nos ciclones de paixão.

Com o vendaval assolando
por completo meu caminho
me vi ilhada, perdida
sem enxergar a verdade
que cercava minha vida.

Hoje, após a passagem
do furacão descabido
que mexeu com meus sentidos
relembro com certa saudade
do turbilhão de emoções
pedaços de uma história
tormenta de uma vida.

NELI NETO
30.01.06
02.23hs-RJ
Neli Neto
Enviado por Neli Neto em 27/03/2006
Código do texto: T129203

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Neli Neto
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 64 anos
98 textos (45250 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:35)
Neli Neto