Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Tragicômico

Desce ralo abaixo
palavras que não afloram
fígado enxarcado
bota tuda pra fora...

A poesia ensaiada
antes declamada
agora vai embora
afogada no uísque...

Pálido de agonia,
cabeça!
granadas sem pinos
expldem sem parar

Analgésico, banho, café...
estático, sem defesa
espero tudo passar
para minha poesia lembrar

Ressaca!
vício em desespero
juras de abandono.
Amanhã é sábado...


Jamaveira
Enviado por Jamaveira em 28/03/2006
Reeditado em 03/08/2006
Código do texto: T129961
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jamaveira
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 62 anos
1943 textos (95972 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 11:49)
Jamaveira