Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR E SEU COMPONENTE MASOQUISTA

Algum dia
estes olhos tão brejeiros,
andorinhas migrantes,
vão saber do gosto
das palavras não ditas.

Algum dia,
quando bater à porta
– um qualquer –
paredes, crucifixo,
retratos e a cama,
fixos os olhos de bem-me-quer...

Algum dia, quando a boca
não souber mais dizer,
perceberás que os segredos
são a doce linguagem dos amantes.

E o tempo é apenas estas flores
de papel sobre a mesa.

– Do livro O EU APRISIONADO. Porto Alegre: EditorArt – RB, 1986, 29 p.
http://www.recantodasletras.com.br/poesias/130821
Joaquim Moncks
Enviado por Joaquim Moncks em 30/03/2006
Reeditado em 07/07/2011
Código do texto: T130821
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Joaquim Moncks). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Joaquim Moncks
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 70 anos
2581 textos (709746 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 07:41)
Joaquim Moncks