Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SEM RUMO

Como brisa leve,
assim é o meu coração
que palpita sem rumo,
sem saber onde ir
embargado de mágoas,
sem poder de ilusões,
corre a passos lentos,
profundamente,
sem razão !

Lamentável é o amor
que fere e deixa marcas,
que maltrata e faz sofrer,
que germina e morre
no auge do querer,
que tiraniza a mente,
que transforma o corpo,
que mutila a alma !


Zeza Martins
Enviado por Zeza Martins em 31/03/2006
Código do texto: T131488
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Zeza Martins
Recife - Pernambuco - Brasil
130 textos (7823 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 12:39)
Zeza Martins