Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poesia de Uma Vida

(À Vinícius Gabriel)

 

Filho tu és meu filho.

Venha para os meus braços.

Vamos celebrar juntos a tua chegada.

Viestes trazer o que há de mais lógico.

Agora entendo a razão de meu existir.

Agora percebo que não mais serei um grão apenas a encher uma praia.

Quando meu olhar mirar o espelho, encontrará um outro olhar

Que enxerga bem mais adiante, que é bem mais radiante.

Filho, meu amado filho.

Enxuga essas lágrimas que teu pai derrama.

Perdoa o que por ventura eu fizer de errado.

Filho, tu és meu filho.

Segura minha mão, pois tenho estado cansado,

Já estou velho, já sou velho

Velho Josa, teu pai!

 


(Poesia que escrevi a partir dos três primeiros versos criados pelo Velho Josa, pai do pequeno Vinicius Gabriel que está chegando ao mundo.)
 
Cinthya Danielle dos Reis Leal
Enviado por Cinthya Danielle dos Reis Leal em 31/03/2006
Código do texto: T131607
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cinthya Danielle dos Reis Leal
Petrolina - Pernambuco - Brasil, 40 anos
165 textos (73403 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 18:08)
Cinthya Danielle dos Reis Leal