Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EVOLUÇÃO



Sobre o mais alto dos montes, versos não vi
Colunas de homens espelham mil pedras
São grandes heróicos em hinos de vitória
Hasteados aos céus, conquistas de sonhos
Mais e mais altos mais e mais casas
De o último andar, talvez o por -do- sol
A lua mais próxima em alvos futuros
Em um mundo dominado por máquinas
Com homens clonados e a vida mecânica

No alto, homens conquistam espaço
Vencidas distâncias no relógio moderno
No céu já são muitos, milhares e milhões
Em troca das asas de um vôo sublime
Em troca de um canto mais raro e mais belo
Na cela egoísmo, o último pássaro
Na floresta mais rica, a última árvore
E o homem evoluí...

De espada a espada
Chegaram as bombas
Na luta entre povos por vis interesses
Vão e vão desaparecendo
E não deixam vestígios
Apenas por um pouco de “verde”
Linguagem do mundo
Moeda de desenvolvimento


Nos nossos sonhos tudo era diferente
Imagens polidas nas faces dos homens
Não armas, nas mãos de gelos humanos
Não o futuro, gerado em ventre de vidro
Não nossos pássaros em canto privado
Não nosso sol no último andar
Nos nossos sonhos tudo era melhor...




 
pássaro poeta
Enviado por pássaro poeta em 01/04/2006
Código do texto: T132109

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
pássaro poeta
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
532 textos (101458 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 07:41)
pássaro poeta