Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Antagonista

                                     



Sinto-me excluído do mundo.

Na verdade, já não sei...

Não sei a que mundo pertenço,

Qual a minha origem

E a minha graça.

Acho que perdi inteiramente.



As pessoas deste mundo...

Com elas já não me identifico mais.

Se este é o planeta...

O que todos diz que há vida,

Já não sei mais a concepção de viver,

Acho que prefiro morrer



Em todos há um sentimento:

Uns de ódio, outros de amor.

O sofrimento está em ter apenas um.

Por isso, preciso tê-los ambos comigo:

O amar e o odiar.

É química: “os opostos se atraem”.



O diferente incomoda o mundo.

Portanto, eu auto me excluo.

Excluo-me desta utopia de vida,

De mundo e de amor.

Com esta aprendi apenas uma coisa:

Aprendi que existe ADeus!

Giselma Maurício
Enviado por Giselma Maurício em 02/04/2006
Código do texto: T132649
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Giselma Maurício
Estância - Sergipe - Brasil, 40 anos
15 textos (4601 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 07:12)
Giselma Maurício