Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MÃOS

São cinco dedos
Na mão
Cinco pinças
De precisa mobilidade.

Cinco dedos
E a mão.
O que fazem então?

Segurando firme o giz
No quadro negro
Desvendando as regras
Na educação de nós crianças de um dia...

Na rédea do cavalo campeiro
Tocando o gado ligeiro
Empunhando o berrante solitário e lamentoso.

Em movimentos seguros leves
Tocando mais leve ainda o chão
Com uma enxada educada na lida da roça.

Calejadas mãos e seus nodosos dedos
De uma moral simples do homem singelo
Que não põe a sua mão na cumbuca não.

Finas mãos e ágeis dedos
"Eruditos" dedos ajeitando o colarinho branco
Na lama das sutis roubalheiras de gabinetes.

Mão e seus dedos solitários masturbantes.

Mão e seus dedos entrelaçados aos da amante
Tocando sutil o seu clitóris
Segurando-lhe firme as ancas
Numa estocada viril e precisa.

Mão e seus dedos pinças.
Quantas coisas que tem por fazer.
Por que então desfazer a sua realização
Empunhando um revólver letal?
jose antonio CALLEGARI
Enviado por jose antonio CALLEGARI em 02/04/2006
Reeditado em 02/04/2006
Código do texto: T132768
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
jose antonio CALLEGARI
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 53 anos
475 textos (25267 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:11)