Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PROFESSORA DESTRAVOU

PROFESSORA DESTRAVOU

Mário Osny Rosa

Queria ser poeta
Tinha a palavra.
Como se lavra
Tudo imaginava.

Tudo estava na trava
Nada se destacava.
De tudo que pensava
A poesia encalhava.

Alguém um dia perguntou
Você escreve outra coisa?
Sim respondi escrevo
Está em casa guardado.

Da pergunta uma resposta
Outra pergunta merece.
O porque dessa pergunta?
Frases são boas continue.

Minha mente violou
A memória destravou.
Aquilo que ela afirmou
Escrevendo aqui estou.

Meu muito obrigado
Pela sua afirmação.
Hoje sinto a emoção
Por ter me alentado.

São José/SC, 1° de abril de 2.006.
morja@intergate.com.br
www.mario.poetasadvogados.com.br



Asor
Enviado por Asor em 02/04/2006
Código do texto: T132791
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Asor
São José - Santa Catarina - Brasil
1677 textos (36849 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 20:02)
Asor