Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sensibilidade (Paraty - Para Ti)



Nos azulejos decorados,
Nas fachadas de tantos sobrados,
Nas ruínas que ressoam melodias
Para os sensíveis poetas de vento,
Que caminham entre as ruas
Assoviando lágrimas suaves,
Riscando versos nos ares,
Em rimas discretas de dor,
Caminham poetas de ventos
Nos acordes suaves sem fim,
Que os casarios cantam ao vento,
Sentimentos vivos, por todo tempo,
Nas fachadas de tantos sobrados,
Nos azulejos decorados,
Para os sensíveis poetas de vento.

Tonho França.
Tonho França
Enviado por Tonho França em 03/04/2006
Código do texto: T133020
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Tonho França
Guaratinguetá - São Paulo - Brasil, 51 anos
82 textos (5759 leituras)
4 e-livros (356 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:52)
Tonho França