Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Menina Assustada!

Menina Assustada!
    (Sávio Assad)
 
Estou perdida neste vasto caminho,
Sem encontrar uma saída para meu coração,
Sigo as setas do amor, mas a relva cobre meu rosto, fazendo do caminho um abismo.
 
Meu destino esta em suas mãos, e não te vejo, por mais que eu limpe meu rosto carregado pelas sombras deste mesmo caminho.
 
Agora, com os olhos completamente coberto, tateio em busca de ti.
Minhas mãos a procura das tuas, numa sofreguidão sem fim.
Perdida, neste caminho vou...
 
Toco os dedos macios e sedosos,
Alcanço as mãos do meu destino...
Seu hálito, agora empreguina,minhas narinas,
E... sinto a presença, máscula e precisa.
 
Ah!... suas mão a limpar meu rosto, da relva intensa, desvendando assim todo seu rosto, bem próximo ao meu, seus olhos penetrando os meus e me trazendo a realidade de mim mesma.
 
Enfim, encontro, minha face oculta e vislumbro todo o potencial que possuo.
Levanto, ergo minha cabeça e descubro que
a face que vejo é um reflexo, que me faz ganhar força.
 
O caminho, agora, se abre em grande e larga estrada. Caminho em passos largos.
Meu coração se enchendo de esperança, meu corpo, agora, criando a forma de mulher, cabelos soltos ao vento, envolvendo todo este poder.
 
Agora sim sou digna de mim mesma, sinto-me poderosa, pois olhei para dentro de mim mesma e encontrei o que faltava para este amor entrar. Me espere, meu amor, pois estou pronta para receber e para dar tudo e nos completar
Niterói - RJ  27/01/06
Sávio Assad
Enviado por Sávio Assad em 03/04/2006
Código do texto: T133039
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sávio Assad
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
419 textos (26696 leituras)
19 áudios (1373 audições)
4 e-livros (106 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 01:28)
Sávio Assad