Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quisera falar de flores

 
Hoje acordei com  a fragrância de jasmim, adentrando,
Entre as frestas da janela, minhas emoções fluíram com a brisa mansa, descalça,sentindo a umidade da relva nos pés, caminhei sem direção certa.

Entrego-me aos caprichos do vento espalhando os cabelos, quisera brindar o querer, onde as palavras cedem ao silêncio, na doce melodia do alvorecer.
Em sílabas trançadas, palavras de amor voem cobrindo o espaço com doçura, fechando os olhos e varrer do universo, o sentimento de amargura.
Em raios que caíssem dos céus, pétalas perfumadas desabrocham em corações, exalando a essência delicada do amor.

Quisera falar de flores...
Semeando amor no solo do coração, colhendo ternura, em atitude, força e querer.
Tecendo memórias, lágrimas rolam, alheias a vontade, sensível e delicado sentimento que me invade...


Escrito
03.04.2006


Águida Hettwer
Águida Hettwer
Enviado por Águida Hettwer em 03/04/2006
Código do texto: T133081

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Águida Hettwer
Sapiranga - Rio Grande do Sul - Brasil, 42 anos
1260 textos (116569 leituras)
15 áudios (2140 audições)
6 e-livros (2257 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 01:22)
Águida Hettwer

Site do Escritor