Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Ciumes da Lua

Falei para a Lua teu nome
ela me perguntou de você.
Disse que brilhava tão quanto
ela quis te conhecer...

Apontei para onde morava
e falei: - Vai lá e comprova!
foi então a tua casa
toda radiante e orgulhosa.

Ao te ver sentiu ciumes
da tua luz, inteligencia e to teu jeito
sabia q reinava no ceu
e vc reina em meu leito

e que todo amor que tenho
aquele que Deus me deu
não pertence a luz da lua
ele enfim é todo teu.

E a Lua entristecida
pensou então em se apagar
não sabia que nesta vida
alguem poderia mais que ela brilhar

Disse-me então envaidecida
quanto honra este amor me da
e o brilho desta união
que sempre ira me iluminar...
Negro arcanjo
Enviado por Negro arcanjo em 27/04/2005
Reeditado em 27/04/2005
Código do texto: T13351

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Negro arcanjo
São Paulo - São Paulo - Brasil, 49 anos
95 textos (6549 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 12:03)
Negro arcanjo