Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

sorriso

A Mario Quintana       (póstumas)
Perguntar ao poeta,como vai a poesia? Terás resposta em soneto, gargalhadas e sorrisos poetisa há de dar, perguntar a poetisa, quantos dentes, em sua boca tem? Receberás resposta em poema, homenagem a QUINTANA, que sorriso há de dar.

Atônita fiquei,contei para responder, um dia se passou e eu intrigada fiquei.Depois de contar meus dentes, o busquei para responder, estando ainda intrigada sem titubear perguntei.Curiosidade, foi isso que pensei. Meu sorriso contagia..contagia riso meu..

Lembrei-me de você QUINTANA.. O sorriso enriquece os recebedores, sem empobrecer os doadores, rindo continuarei sorrindo, enriquecerei por onde passar a todos, que sorrisos de minha boca arrancarem, sorriso risos e gargalhadas.. há QUINTANA. Sorrindo contagiei.

Poesia me diz: ter eu sorriso de rosas que desabrocha no verão, lábios escancarados, assim é meu sorriso,contagiante. Minha alma gargalha, mostrando os dentes que tenho, privilegio de poucos perceber, sorriso poetisa rindo de corpo inteiro.volto a lembrar MARIO QUINTANA.

Se alguém te perguntar o quiseste dizer com um poema, pergunte-te o que DEUS quis dizer com esse mundo, com versos vou responder.Quando meu sorriso dôo, dôo por inteiro, quero ser lembrada assim, gargalhando sorrindo
rindo , a QUINTANA  o meu apreço.Meu mas belo sorriso.


Deth Haak         1/11/2004
Do livro, morro do prazer em breve pra vocês.
Deth Haak
Enviado por Deth Haak em 27/04/2005
Código do texto: T13368
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Deth Haak
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 57 anos
547 textos (65340 leituras)
50 áudios (9714 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 18:46)
Deth Haak