Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O enfermo

meu filho me mata
(ouvi em prantos)
cadê a sua faca?
deixa de ser santo

meu peito está nu,
já não valho nada
sou apenas o angu,
nesta vã morada

meu sangue talhou
minha fé acabou,
crave o vil punhal

abafe meus gemidos,
já estou carcomido.
ah, ah o funeral!
Pedro Cardoso DF
Enviado por Pedro Cardoso DF em 04/04/2006
Reeditado em 16/05/2012
Código do texto: T133681
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pedro Cardoso DF
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 68 anos
4322 textos (94863 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 16:48)
Pedro Cardoso DF