Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ESPADA

ESPADA

Símbolo de dignidade
Desde remotíssimo tempo
Sua destruição significava
Humilhação degradação
Sua entrega
Sinônimo de rendição
Beijá-la um ato de adoração

Egressa dos campos de batalha
Veio ser distintivo oficial
E ainda acena com seus fios
Lembrando as sutilezas da honra

Representa justiça e defesa
E também para o policial militar
Atendimento com presteza

Nas cortes de justiça
Dona do silêncio
Antes e depois do veredicto
A lâmina
O fio

Conta-se
A espada flamejante de um anjo
Interdita o paraíso
Perdido pela humanidade transgressora

Também a felicidade
É interdita à consciência
Aviltada pelo desamor
E a espada mental da culpa
Fere a alma e lhe impede a paz

Ao recomendar o desuso
Da espada língua ferina
Paulo apóstolo nos manda
Resistir no dia mau
Cingindo-nos com a verdade
Vestindo-nos da couraça da justiça
Tomando com firmeza
A espada do espírito
Ardente nas boas palavras
Esperança
Perseverança

Guimarães Rocha
Academia  sul-mato-grossense de letras





Guimarães Rocha
Enviado por Guimarães Rocha em 04/04/2006
Código do texto: T133714
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Guimarães Rocha
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 60 anos
28 textos (9087 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 08:18)
Guimarães Rocha