Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Outros Versos

UNIverso:

Quero de tudo um pouco do nada que existe.

DIversos:

Quero sentir o amor que persiste
A todas as barreiras e complicações.

TRIversos:

Tenho visto muita estupidez entre os sábios
E muita genialidade entre os idiotas
Tenho visto pessoas que passam por essa vida sem serem vistas.

POLIversos:

E a razão é tão descabida e sem nexo
E a verdade é tão fria
Já a mentira é chocante e chamativa.
E sinto que se o sol não aparecer um dia haverá pessoas que nem irão notar
Mas vão achar estranho ter lido um verso tão comprido e deselegante
Até confesso que ficou horrível isso que escrevi
Mas não será mais horrível do que um dia sem sol
E nem mais horrível do que a ausência de otimismo
E, além disso, vivemos dias em que ser realista é ser pessimista.

(essa poesia como um ser mortal se reduzirá a nada)

NULIverso:

...............................................

Outros versos virão?

Haverá versos até o último ser humano
Que habitar esse mundo
E acreditar em si mesmo e respirar a esperança
Afugentando o medo de arriscar a ser mais feliz.

05/04/06
Miguel Rodrigues
Enviado por Miguel Rodrigues em 05/04/2006
Código do texto: T134009
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Rodrigues
Barueri - São Paulo - Brasil, 33 anos
1434 textos (42674 leituras)
6 e-livros (1681 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 08:11)
Miguel Rodrigues