Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eu, Prisioneiro do Teu Amor

Eu, Prisioneiro do Teu Amor.
(Sávio Assad)
 
Minha amada, me colocaste nesta sela do seu coração.
Sou um prisioneiro deste amor, cheio de luxúrias e de sabor.
Jogaste a chave desta sela fora e me deixaste aqui, sem saída.
Agora sou todo seu, desesperado por um minuto de seu amor.
 
Passo dias aqui solitário, sem seus carinhos, sem te ver.
Busco as lembranças para poder sobreviver este abandono.
Escravo de seu coração e perdido, neste emaranhado do amor.
Sem saída, sem recurso, sem você, que me ignora, agora.
 
Estou pedindo minha liberdade, implorando com esses lábios,que
 um dia te beijou, com essa boca, que um dia se perdeu no seu corpo.
Imploro pelo seu perdão, por suas mãos, por você simplesmente.
Aqui aguardo sua sentença, calado, sombrio e sedento por amor...
Ainda...
Niterói - RJ 10/12/05
Sávio Assad
Enviado por Sávio Assad em 05/04/2006
Código do texto: T134077
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sávio Assad
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
419 textos (26705 leituras)
19 áudios (1373 audições)
4 e-livros (106 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 11:19)
Sávio Assad