Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

No silêncio da noite



 by Catherine Roos.


No silêncio da noite, começo a repensar a vida...
Descubro que na verdade, mesmo sendo mulher madura,
Mesmo querendo saber sobre o certo e o errado...
Descubro que na verdade...só tenho idade... ainda sou criança pura...

O que é certo? O que é errado? Quem sabe na verdade?!
Como criança busquei a felicidade, como mulher busquei um amor de verdade...
Pensei ter encontrado um resultado de vida, dentro de uma certa realidade...
Ledo engano! Concluo que tudo foi falso...o resultado parece profano...

Na certa busca sem realidade...encontro o erro da maldade,
Como mulher madura...ainda meio criança...busco a felicidade...
Com o direito da conquista, e o dever da bondade...sigo em linha reta!
No silêncio da noite, acho melhor deixar a criança quieta, e a mulher ficar esperta!

Como meio mulher-criança, me proponho a mais uma descoberta...
Percebo que algo acontece...algo me  inquieta!

No silêncio da noite...um grito! Um grito de saudade!
A mulher acorda a criança...trazendo para a realidade...
Mostrando que na verdade, nada aconteceu com vontade...
Nada com vontade de viver um amor de verdade...

No silêncio da noite...
O grito emudece...
Um coração padece....
Uma alma fenece...
É hora da prece...
O dia amanhece...


 www.bonecadetrapo.com
São Paulo - Brasil
janeiro/2004
 
Catherine Roos
Enviado por Catherine Roos em 09/01/2005
Código do texto: T1344
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Catherine Roos
São Paulo - São Paulo - Brasil, 60 anos
12 textos (1694 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 06:54)
Catherine Roos