Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CAREQUINHA PARTIU

CAREQUINHA PARTIU

Mário Osny Rosa

Carequinha partiu
O palco ficou vazio.
Oito décadas a sorrir
As crianças divertir.

Desde de crianças
Para crianças sorriu.
No circo o amor assumiu
Com todas as esperanças.

Carequinha carequinha
Com a cara pintadinha.
Era assim que ele vinha
Com as suas piadinhas.

Carequinha foi para a glória
Que fique a sua história.
Guardada na memória
Que marcou sua trajetória.

Quando chegou no céu
A São Pedro se apresentou.
Que logo lhe perguntou
Qem é você o que quer?

Carequinha respondeu
Sou o palhaço carequinha.
Que as crianças divertia
São Pedro não se comoveu.

Seu livro foi consultar
Para sua entrada aprovar.
 As benesses celeste gozar
Nem mesmo podia reprovar.

Encontrou registado em linhas
Tudo que tinha realizado.
Do mestre cumpriu o recado
Deixai vir a mim as criancinhas.

São José/SC, 5 de abril de 2.006.
morja@intergate.com.br
www.mario.poetasadvogados.com.br
Asor
Enviado por Asor em 05/04/2006
Reeditado em 07/04/2006
Código do texto: T134435
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Asor
São José - Santa Catarina - Brasil
1677 textos (36866 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:25)
Asor