Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TÁ CERTO OU NÃO TÁ?...

O bom menino
não faz pipi na cama
O bom menino
não faz malcriação
O bom menino
vai sempre a escola
e na escola
aprende sempre a lição
...
Então aceite
os parabéns do Carequinha
Tá certo ou não tá?
Táaaaaaa...

Hoje fiquei triste
como há muito não ficava.
Senti... muito...
com a notícia da morte
do meu ídolo Carequinha.

Nasci ao som de sua música
e por anos o segui
Fosse onde fosse
estivesse onde estivesse
queria estar ao seu lado
vê-lo nas trapalhadas
que só exalavam prazer.

Com seu sorriso maroto
fazendo mil peripécias
encantando a gurizada
momentos de muita candura
da inocência infantil.

Quantas vezes escutei
a música "o bom menino"
que era usado p'ros filhos,
na época, por todas as mães.

Quantas vezes vi Carequinha
na televisão preta e branca
sentada no chão, bem ligada
repetindo suas falas
Aiaiai o carrapato não tem pai
como lição, dedicada.

Era o passatempo que eu tinha
ver, ouvir, sentir Carequinha
com a sua trupe faceira
nas peripécias mais cômicas
dando mil cambalhotas.

Junto com Fred, Zumbi
e o anãozinho Meio Quilo
alegravam a criançada
com as suas palhaçadas
no programa do Circo Bombril.

Minha mãe ficava louca
quando do nada gritava
Táaaaaaaaaaa
respondendo ao Carequinha.

E de longe eu ria feliz
com as suas confusões
pra lá de muito engraçadas
sentindo como se lá me encontrasse
junto com a garotada
que ficava ao seu redor.

De tanto querer conhecê-lo
azucrinava meu pai
pedindo a todo momento
que me levasse ao circo
para estar ao seu lado.

Nossa quanta saudade!!!
Uma parte minha partiu
aquela pureza inocente
que jamais se recupera.

Carequinha foi pro céu
pra alegrar mais crianças.
Seu encontro com Arrelia,
Meio Quilo, Fred e Zumbi
será a maior das festas
propiciando sorrisos
nas brincadeiras do além.

E eu aqui lembrarei
até que a morte me leve
do meu palhaço encantado
dos meus tempos de criança.

Neli Neto
05.04.06
19:00hs-RJ

Minha homenagem a Carequinha
pra mim, o maior palhaço do mundo.
Ao homem que partiu para o astral
se transformando na mais nova estrela
que se encontra brilhante no céu.
Deixando naqueles que o acompanharam em criança,
somente uma imensa saudade...
Neli Neto
Enviado por Neli Neto em 06/04/2006
Código do texto: T134517

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Neli Neto
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 64 anos
98 textos (45247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 18:36)
Neli Neto