Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Rosinha

a arte de fazer
depende
da arte
de refazer
dentro
do prazer.

dito de
pura bobagem!
sem vela
ou engrenagem !

mas não
estou
disposto
a nada,
dentro
de minha
levedura
de lazer.

pois,
nem
quero
a criar
ou descriar,
tão cedo,
já que
isso
propõe
encargos.

e
feituras,
igual às
frituras
meio curdas,
de
cosme-azedo,
que
tem
gosto
mesmo
de pólvora
de
pavio
curto.

e faço por
bem
viver
minha
quietude.

e fico
no
abano
do
tempo,
onde bem
venta.

e pra cima
e pra
baixo,
passo
o tempo
sorvendo
cacau,
bebendo
cachaça
de roça
e
tomando
mel
de levedura.

mas fico
assim
até
quando lá
chega rosinha,
minha vizinha,
e pede
para fazer
renda,
no vestido
dela,
todo bordado
com
florzinha
de sexo.

ai, tudo
muda!

minha paz acaba!

e passo
a exercer
o dever
de fazer !

ah! esta
historinha
é
parte
de
minha
atribulada
vida.
sem nexo,
mas cheia de
vizinhas
sempre
com
problemas
nos
vestidinhos
abalrotados
de puro
sexo!
José Kappel
Enviado por José Kappel em 06/04/2006
Código do texto: T134635
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26785 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:36)
José Kappel