Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OLHOS

OLHOS

QUE LÁGRIMAS CHORAM POR NÃO COMPREENDER, VER A MISÉRIA DO MUNDO E NADA PODEREM FAZER. VISLUMBRANDO BELEZAS QUE MUITOS INSISTEM EM NÃO VER.

NA MENTE AO OLHAR O PASSADO, NO PRESENTE QUE ME CERCA. VER COM OS DA ALMA, O FUTURO QUE ME ESPERA. FACE QUE OLHOS TEM, AGRADEÇO-VOS OLHOS MEUS, QUE NO OLHAR DIZEM TUDO, QUE A BOCA TENTA ESCONDER.

OLHOS QUE AGORA CHORAM, CONQUISTAS E DERROTAS, QUE SÓ OS MEUS PODEM VER. AMARGURAS E ALEGRIAS OS MEUS OLHOS PODEM LER. ENXERGO COM OS DA FACE. LEIO, A MENTE VÊ.FALAM QUANDO CALO,VÊEM QUANDO SINTO E CHORAM NO PRAZER.

OLHOS... QUANTOS NÃO LHES TROUXERAM, QUANTOS CEGARAM A TI, QUANTOS OS MANTÉM CEGOS, COM OLHOS NÃO PODEM VER. BELEZAS QUE CERCAM O SER.BARCO QUE NO MAR NAVEGA,FLOR A DESABROCHAR NO VASO,O SORRISO DA CRIANÇA, O PRESENTE COBIÇADO.

OLHOS...AGUÇAM OS MEUS SENTIDOS, EMBELEZA SORRISO MEU. TENS O BRILHO DAS ESTRELAS, É CONTENTAMENTO MEU. VIDÊNCIA, PRESENTE DADO POR DEUS PAI MEU CRIADOR. POR TÊ-LOS EM FACE MINHA. ESCREVO VENDO A DOR DAS CRIATURAS, QUE OLHOS NÃO RECEBERAM.

Deth  HAAK

28/12/2004

Deth Haak
Enviado por Deth Haak em 27/04/2005
Código do texto: T13471
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Deth Haak
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 57 anos
547 textos (65339 leituras)
50 áudios (9714 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:33)
Deth Haak