Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cortesia


Foi-me oferecida
aceitei, agradecida

Preciosa dádiva
Recebi

Prenda que é amorosidade
Raridade!

Pressenti.

Isso é poema
É vida
É pendor!

A graça comigo teima
Passa naturalidade

Vicio-me bebendo a verdade
Compondo a realidade
Do que consiste o amor

E tanta impulsividade
Conta-me sem mais rigor
O que é felicidade.


Priscila de Loureiro Coelho
Enviado por Priscila de Loureiro Coelho em 27/04/2005
Código do texto: T13504
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscila de Loureiro Coelho
Jacareí - São Paulo - Brasil, 65 anos
1286 textos (215169 leituras)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 11:57)
Priscila de Loureiro Coelho