Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desencontro

Eu venho, tu vai
Tu chegas, eu vou
Assim vai passando
E o tempo matando
A beleza de um encontro
De alguém a espera
Do amor, que não vem...

E o tempo passando
E a vida cansando
Já vai destruindo
A ilusão que se tem
... e o amor nunca vem...

Um dia cansados
Já nem percebemos
Que não mais queremos
O amor esperado...
E a doce ventura
De um amor venerado
Desfaz-se em ternura
Num tempo passado!

Priscila de Loureiro Coelho
Enviado por Priscila de Loureiro Coelho em 27/04/2005
Código do texto: T13506
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscila de Loureiro Coelho
Jacareí - São Paulo - Brasil, 65 anos
1286 textos (215216 leituras)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 08:17)
Priscila de Loureiro Coelho