Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Retirante

nada está perdido,
nada está seco ou árido.
nem mesmo a flor que lhe dei

é preciso saber ouvir as estrelas
elas nos dirão o caminho a tomar
para que encontremos o grande tesouro

saudoso e em prantos,
troco passos perdidos em ruas desertas
e assim, temo o que dizem quando não estás comigo

pois só quem ama pode entender
a dor que carrego em meus braços
enquanto em seu colo perco abrigo
Pedro Cardoso DF
Enviado por Pedro Cardoso DF em 07/04/2006
Reeditado em 16/05/2012
Código do texto: T135174
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pedro Cardoso DF
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 68 anos
4325 textos (94894 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:27)
Pedro Cardoso DF