Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lembranças

estou de roupa
nova,
igual criança
de mel,
meio louco
por ser
pequeno.

que lambança!

minha mãe
me vestiu
de branco
para me
igualar
aos santos
da igrejinha
meio aguada.

afinal de contas
é a primeira
vez que a gente
comunga.

é a primeira
vez que a gente
sente medo de
ser a gente,
de estar perto
de santos
suspeitos,
e rezar por
qualquer
sonho,
já que nem amor
passa aqui !

tudo vazio,
tudo preto
de vazio.

mãe branca!
que avança
na minha lembrança!

não quero mais rezar,
não quero mais
chorar pelos mortos.
não quero ser mais
retrato
sem pórtico!
José Kappel
Enviado por José Kappel em 08/04/2006
Código do texto: T135712
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26785 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 09:52)
José Kappel