Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quem Sou

Cissa de Oliveira

sou um moinho sangrando água
numa hora de céu lilás
e deixo-me riscar pelo vôo do pássaro
que valsa na música do quadro

sou uma casa em alvoroço calmo
erguida com paredes de pano
onde alguém desenha pedaços
de poemas e de abismos planos

sou um caminho feito de setas
apontando para o mar
como um rio sem muita pressa
acariciando as pedrinhas das margens

sou a brisa na vidraça aberta
e trago comigo as floradas
às vezes são flores de sol
e noutras somente o caule

sou a marca do tempo
nos desenhos de relevo baixo
e as palavras quando gemem
no algo que só elas sabem.

Cissa de Oliveira
06.12.04
Cissa de Oliveira
Enviado por Cissa de Oliveira em 28/04/2005
Código do texto: T13581
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cissa de Oliveira
Campinas - São Paulo - Brasil
140 textos (28489 leituras)
10 áudios (1446 audições)
1 e-livros (909 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 06:59)
Cissa de Oliveira